Receba uma consultoria gratuita para o processo de regularização da sua empresa nos Bombeiros

 

Receba uma consultoria gratuita para o processo de regularização da sua empresa nos Bombeiros

 
APROVAÇÃO FACILITADA NOS BOMBEIROS COM OS MENORES CUSTOS (GARANTIDO)
Projetos seguros e com menores custos para executar!
Se sua empresa, empreendimento ou evento:
Nós da Capittal Consultoria podemos ajudar você!:
Receba uma consultoria gratuita para a regularização da sua empresa nos Bombeiros

62 996162097

 

APROVAÇÃO FACILITADA NOS BOMBEIROS COM OS MENORES CUSTOS (GARANTIDO)

 
Projetos seguros e com menores
custos para executar!
Se sua empresa, empreendimento ou evento:

- Recebeu a visita de um Bombeiro e foi notificada
- Necessita de projeto para liberação do alvará dos Bombeiros
- Está em processo de abertura
- Está em fase de construção/reformas
- Está em processo de aquisição de seguro
- Necessita do CERCON (Alvará dos Bombeiros) para regularizar em outros órgãos públicos e privados
- Está com projeto aprovado, porém o custo é absurdo para ser executado
- Foi autuada e está prestes a receber multa ou ser embargado
- Está embargado/paralisado pela falta do Alvará dos Bombeiros

Nós da Capittal Consultoria podemos ajudar você!:

Receba uma consultoria gratuita para a regularização da sua empresa nos Bombeiros

Serviços para empresas e eventos


Projetos Contra Incêndio
(PPCI Bombeiros)

Consultoria para liberação de
Alvará Bombeiros (CERCON)

Projetos de Arquitetura
para regularização

Regularização Ambiental
de Empresas

Projetos Prediais
Atuando há mais de 13 anos no mercado de consultorias e projetos, nossa equipe domina todo o processo para a regularização junto ao corpo de bombeiros.

Serviços para empresas e eventos

icon1_mob2

Projetos Contra Incêndio
(PPCI Bombeiros)
icon2_mob

Consultoria para liberação de Alvará Bombeiros (CERCON)
icon3_mob3

Projetos de Arquitetura
para regularização
icon4_mob

Regularização Ambiental
de Empresas
icon5_mob

Projetos Prediais
Atuando há mais de 13 anos no mercado de consultorias e projetos, nossa equipe domina todo o processo para a regularização junto ao corpo de bombeiros.
parallax background

Somos especialistas em regularizações de:

- Restaurantes, igrejas, salões de festas, centros esportivos, boates, bares
- Revenda de GLP
- Indústrias
- Depósitos e galpões em geral
- Condomínios habitacionais horizontais e verticais
- Hotéis, alojamentos, motéis
- Comércios em geral como lojas, supermercados
- Escritórios, agências bancárias, laboratórios
- Escolas, faculdades
- Oficinas, postos de combustíveis
- Hospitais, clínicas
- Qualquer outro tipo de estabelecimento ou evento temporário (Receba via whatsapp a lista detalhada de locais e o tipo de proteção necessária)

Dúvidas Frequentes:

O Alvará (CERCON) emitido pelo Corpo de Bombeiros é o documento que atesta que a edificação onde se encontra sua empresa/evento temporário está em conformidade com as normas de segurança e obedece a todas obrigações reguladas pelos próprios bombeiros. Este documento tem validade de um ano, sendo renovado a cada vistoria anual. Com o CERCON sua empresa/evento está habilitada para poder funcionar normalmente sem o risco de ser autuada, multada ou até mesmo embargada, bem como estará resguardada judicialmente em casos de perdas materiais e humanas devido a incêndios e eventos similares.
Com o CERCON em dia, sua empresa/evento estará resguardada judicialmente em casos onde ocorrer incêndios ou desastres que possam incorrer em perdas materiais e humanas. Não somente o Alvará deve estar atualizado, bem como todas as medidas de segurança especificadas em projeto deverão estar aplicadas e os sistemas de proteção devem estar funcionando perfeitamente. Caso contrário a empresa/evento pode responder criminalmente. Como forma de garantir a segurança de patrimônios e vidas, alguns órgãos públicos e empresas privadas podem exigir o CERCON da sua empresa/empreendimento/evento para o andamento de outros processos, podem ser eles as agências ambientais, vigilância sanitária, prefeitura, seguradoras, bancos e até mesmo inquilinos comerciais.
Donos de empresas ou organizadores de eventos devem obter o CERCON. Os donos de empresas costumam iniciar o processo para obtenção do CERCON em um desses três momentos: Na abertura da empresa ou fase de projetos da obra, durante o funcionamento da empresa ou quando são obrigados após uma vistoria dos Bombeiros. É de se esperar que aqueles que dão entrada na fase de projetos da obra ou na abertura da empresa são os que tem menos dores de cabeça e menores gastos na implementação. Regularizando desde o início, há tempo de prever a instalação dos sistemas junto as obras/reforma, otimizar o projeto para o melhor custo-benefício, orçar com mais calma os serviços e materiais, além de evitar multas e embargos. Quando você dá entrada no certificado na fase de projetos da sua obra, o termo usado para este Alvará é o 'HABITE-SE', com este documento você poderá dar sequência em sua obra sem rico de ser multado ou embargado (O próprio CREA fiscaliza obras). Se você obedecer ao projeto e implementar corretamente os sistemas de proteção, ao final da obra após a vistoria dos BOMBEIROS você recebe o CERCON válido para um ano de funcionamento e sua empresa já pode iniciar as atividades. Se você está com sua empresa em operação mas não possui o CERCON, não se desespere (A menos que tenha recebido a notificação de embargo da empresa). Os vistoriadores quando fazem a visita costumam dar um prazo bem curto para adequação na maior parte dos casos, mas mesmo com o prazo você pode responder criminalmente caso ocorra algum desastre, ok? Deve-se agir com urgência para evitar problemas maiores. Se tratando de evento temporário com concentração de público, todos necessitam de Certificado de Conformidade. São cobrados na fase de liberação pela prefeitura ou no início do evento, caso você não tenha é de praxe o Corpo de Bombeiros embargar o evento.
Para dar entrada no processo de obtenção do Certificado, é necessário primeiramente saber se sua empresa necessita de projeto (Veja o próximo tópico). Todo o processo é feito digitalmente nos estados de Goiás, São Paulo,,, . Nos demais estados é necessário a ida até o quartel ou unidade dos bombeiros responsável por projetos. Onde o processo é digital, o primeiro passo será o pagamento da taxa de análise de projetos emitida durante o cadastro de sua empresa através do site dos Bombeiros do seu estado. O momento para cadastrar os dados para emitir a taxa é bem importante e merece muita atenção, as informações de CNAE e área da edificação podem mudar dependendo de como o projeto será feito e se será um projeto de substituição. Alguns erros nesse cadastro podem atrasar muito a aprovação, aumentar os custos e os transtornos, portanto se pretende fazer por conta própria recomendamos que nos consulte pelo whatsapp ou em nossa consultoria presencial para fazer da forma correta. (Como a área considerada é a área coberta, é possível dimensionar a área de projeto de forma a reduzir todos os custos de implementação e sua empresa já inicia fazendo da forma certa o processo) Após a baixa da taxa no site, os demais documentos serão: a ART de projeto, o memorial descritivo, memorial do cálculo de bombas (Se necessário) e o projeto contra incêndio. Na fase de vistoria serão cobrados: Taxa de vistoria paga, Taxa potencial de Incêndio paga, Art´s de instalações elétricas, SPDA (se necessário) , elevadores (se houver), máquinas industriais de médio e grande porte (se houver), plantas de tanques de combustível (se houver) e outros documentos solicitados em casos específicos. Obs.: Todos eventos temporários necessitam de projeto
De acordo com a Norma Técnica 01 do Corpo de Bombeiros de Goiás, as edificações que necessitam de Projeto Contra Incêndio são aquelas com área construída maior que 750 m² , ou que possuam mais de 1 pavimento com altura do piso inferior até o último piso maior que 6 metros**. Também se faz necessário o projeto para todas edificações que serão destinadas para concentração de público (Teatros, Ginásios, Boates, Igrejas, etc.), escolas e assemelhados, hospitais e assemelhados, locais destinados a comercialização ou armazenamento de produtos perigosos ou inflamáveis e demais edificações do Grupo Especial deverão apresentar projeto. As demais edificações com área inferior a 750 m², no Estado de Goiás, conseguirão requerer o CERCON dando entrada no pedido de vistoria do local. Durante a inspeção o vistoriador irá definir as medidas mínimas a se adotar e assim que cumpridas será liberado o CERCON. Nós da Capittal temos uma lista detalhada de quais empresas terão necessidade de projeto e quais as medidas e sistemas necessários para se implementar. Para verificar se sua empresa necessita de projeto e quais serão os sistemas contra incêndio e pânico necessários, nos consulte gratuitamente através do whatsapp ou solicite nossa visita técnica sem custos.
Todo o processo começa a partir da taxa de análise de projetos, ela é calculada com base na metragem construída da edificação e vale por 1 ano de processo ou 5 análises. Após feito o pagamento e a baixa da taxa, segue-se para a elaboração do projeto e memoriais de acordo com as Normas Técnicas do Corpo de Bombeiros e feita a primeira versão enviamos para análise de um oficial. O prazo para esta etapa varia de acordo com a experiência do projetista e da fila de projetos no setor de análise. Projetistas experientes além de serem mais rápidos por já entenderem as exigências mínimas, sabem exatamente o que os bombeiros analistas querem no projeto, conseguem se comunicar com eles de maneira mais precisa durante a análise, o que facilita e dá agilidade para a aprovação. Enquanto que projetistas sem experiência levam tempo estudando normas, se perdem no meio de tantas especifidades, encarecem os custos para os empresários em todos os pontos, atrasam muito o processo de aprovação e em alguns casos não conseguem finalizar o projeto. O prazo máximo dado pelos bombeiros para analisar cada envio de projeto é de até 30 dias, que podem ser prorrogados por mais 30 (em casos complexos). Em nossos trabalhos procuramos sempre estar ativos de forma a reduzir o tempo (contatando os analistas) e não ter muitos retornos de projeto (elaborando corretamente desde o início). Após aprovado o projeto e os memoriais, partimos para a fase de vistoria onde uma nova taxa será emitida e quitada (Dessa vez a taxa anual de vistoria). O bombeiro vistoriador visita a edificação, verifica se o projeto foi devidamente executado e pode solicitar novos documentos ou Art´s . Regularizadas todas exigências da vistoria, o vistoriador faz a liberação no sistema para que possamos emitir o CERCON (Alvará dos Bombeiros).

Dúvidas Frequentes:

1O que é um alvará? Qual é seu prazo de validade?
O Alvará (CERCON) emitido pelo Corpo de Bombeiros é o documento que atesta que a edificação onde se encontra sua empresa/evento temporário está em conformidade com as normas de segurança e obedece a todas obrigações reguladas pelos próprios bombeiros. Este documento tem validade de um ano, sendo renovado a cada vistoria anual. Com o CERCON sua empresa/evento está habilitada para poder funcionar normalmente sem o risco de ser autuada, multada ou até mesmo embargada, bem como estará resguardada judicialmente em casos de perdas materiais e humanas devido a incêndios e eventos similares.
2Qual a Importância do CERCON?
Com o CERCON em dia, sua empresa/evento estará resguardada judicialmente em casos onde ocorrer incêndios ou desastres que possam incorrer em perdas materiais e humanas. Não somente o Alvará deve estar atualizado, bem como todas as medidas de segurança especificadas em projeto deverão estar aplicadas e os sistemas de proteção devem estar funcionando perfeitamente. Caso contrário a empresa/evento pode responder criminalmente. Como forma de garantir a segurança de patrimônios e vidas, alguns órgãos públicos e empresas privadas podem exigir o CERCON da sua empresa/empreendimento/evento para o andamento de outros processos, podem ser eles as agências ambientais, vigilância sanitária, prefeitura, seguradoras, bancos e até mesmo inquilinos comerciais.
3Quando requerer o Certificado de Conformidade (CERCON)?
Donos de empresas ou organizadores de eventos devem obter o CERCON. Os donos de empresas costumam iniciar o processo para obtenção do CERCON em um desses três momentos: Na abertura da empresa ou fase de projetos da obra, durante o funcionamento da empresa ou quando são obrigados após uma vistoria dos Bombeiros. É de se esperar que aqueles que dão entrada na fase de projetos da obra ou na abertura da empresa são os que tem menos dores de cabeça e menores gastos na implementação. Regularizando desde o início, há tempo de prever a instalação dos sistemas junto as obras/reforma, otimizar o projeto para o melhor custo-benefício, orçar com mais calma os serviços e materiais, além de evitar multas e embargos. Quando você dá entrada no certificado na fase de projetos da sua obra, o termo usado para este Alvará é o 'HABITE-SE', com este documento você poderá dar sequência em sua obra sem rico de ser multado ou embargado (O próprio CREA fiscaliza obras). Se você obedecer ao projeto e implementar corretamente os sistemas de proteção, ao final da obra após a vistoria dos BOMBEIROS você recebe o CERCON válido para um ano de funcionamento e sua empresa já pode iniciar as atividades. Se você está com sua empresa em operação mas não possui o CERCON, não se desespere (A menos que tenha recebido a notificação de embargo da empresa). Os vistoriadores quando fazem a visita costumam dar um prazo bem curto para adequação na maior parte dos casos, mas mesmo com o prazo você pode responder criminalmente caso ocorra algum desastre, ok? Deve-se agir com urgência para evitar problemas maiores. Se tratando de evento temporário com concentração de público, todos necessitam de Certificado de Conformidade. São cobrados na fase de liberação pela prefeitura ou no início do evento, caso você não tenha é de praxe o Corpo de Bombeiros embargar o evento.
4Que documentação é necessária para se obter a CERCON?
Para dar entrada no processo de obtenção do Certificado, é necessário primeiramente saber se sua empresa necessita de projeto (Veja o próximo tópico). Todo o processo é feito digitalmente nos estados de Goiás, São Paulo,,, . Nos demais estados é necessário a ida até o quartel ou unidade dos bombeiros responsável por projetos. Onde o processo é digital, o primeiro passo será o pagamento da taxa de análise de projetos emitida durante o cadastro de sua empresa através do site dos Bombeiros do seu estado. O momento para cadastrar os dados para emitir a taxa é bem importante e merece muita atenção, as informações de CNAE e área da edificação podem mudar dependendo de como o projeto será feito e se será um projeto de substituição. Alguns erros nesse cadastro podem atrasar muito a aprovação, aumentar os custos e os transtornos, portanto se pretende fazer por conta própria recomendamos que nos consulte pelo whatsapp ou em nossa consultoria presencial para fazer da forma correta. (Como a área considerada é a área coberta, é possível dimensionar a área de projeto de forma a reduzir todos os custos de implementação e sua empresa já inicia fazendo da forma certa o processo) Após a baixa da taxa no site, os demais documentos serão: a ART de projeto, o memorial descritivo, memorial do cálculo de bombas (Se necessário) e o projeto contra incêndio. Na fase de vistoria serão cobrados: Taxa de vistoria paga, Taxa potencial de Incêndio paga, Art´s de instalações elétricas, SPDA (se necessário) , elevadores (se houver), máquinas industriais de médio e grande porte (se houver), plantas de tanques de combustível (se houver) e outros documentos solicitados em casos específicos. Obs.: Todos eventos temporários necessitam de projeto
5Quais empresas precisam e quais não precisam de projeto?
De acordo com a Norma Técnica 01 do Corpo de Bombeiros de Goiás, as edificações que necessitam de Projeto Contra Incêndio são aquelas com área construída maior que 750 m² , ou que possuam mais de 1 pavimento com altura do piso inferior até o último piso maior que 6 metros**. Também se faz necessário o projeto para todas edificações que serão destinadas para concentração de público (Teatros, Ginásios, Boates, Igrejas, etc.), escolas e assemelhados, hospitais e assemelhados, locais destinados a comercialização ou armazenamento de produtos perigosos ou inflamáveis e demais edificações do Grupo Especial deverão apresentar projeto. As demais edificações com área inferior a 750 m², no Estado de Goiás, conseguirão requerer o CERCON dando entrada no pedido de vistoria do local. Durante a inspeção o vistoriador irá definir as medidas mínimas a se adotar e assim que cumpridas será liberado o CERCON. Nós da Capittal temos uma lista detalhada de quais empresas terão necessidade de projeto e quais as medidas e sistemas necessários para se implementar. Para verificar se sua empresa necessita de projeto e quais serão os sistemas contra incêndio e pânico necessários, nos consulte gratuitamente através do whatsapp ou solicite nossa visita técnica sem custos.
6Como funciona o processo para obter / renovar o CERCON (Alvará dos Bombeiros)?
Todo o processo começa a partir da taxa de análise de projetos, ela é calculada com base na metragem construída da edificação e vale por 1 ano de processo ou 5 análises. Após feito o pagamento e a baixa da taxa, segue-se para a elaboração do projeto e memoriais de acordo com as Normas Técnicas do Corpo de Bombeiros e feita a primeira versão enviamos para análise de um oficial. O prazo para esta etapa varia de acordo com a experiência do projetista e da fila de projetos no setor de análise. Projetistas experientes além de serem mais rápidos por já entenderem as exigências mínimas, sabem exatamente o que os bombeiros analistas querem no projeto, conseguem se comunicar com eles de maneira mais precisa durante a análise, o que facilita e dá agilidade para a aprovação. Enquanto que projetistas sem experiência levam tempo estudando normas, se perdem no meio de tantas especifidades, encarecem os custos para os empresários em todos os pontos, atrasam muito o processo de aprovação e em alguns casos não conseguem finalizar o projeto. O prazo máximo dado pelos bombeiros para analisar cada envio de projeto é de até 30 dias, que podem ser prorrogados por mais 30 (em casos complexos). Em nossos trabalhos procuramos sempre estar ativos de forma a reduzir o tempo (contatando os analistas) e não ter muitos retornos de projeto (elaborando corretamente desde o início). Após aprovado o projeto e os memoriais, partimos para a fase de vistoria onde uma nova taxa será emitida e quitada (Dessa vez a taxa anual de vistoria). O bombeiro vistoriador visita a edificação, verifica se o projeto foi devidamente executado e pode solicitar novos documentos ou Art´s . Regularizadas todas exigências da vistoria, o vistoriador faz a liberação no sistema para que possamos emitir o CERCON (Alvará dos Bombeiros).

UM DOS MAIORES PROBLEMAS PARA OS EMPRESÁRIOS, QUE TRAZ GRANDES PREJUÍZOS
E A MAIORIA NÃO CONSEGUE PREVER


A obtenção do Certificado que a princípio parece algo simples, pode se tornar um pesadelo para os empresários. Mas isso pode ser evitado se você souber de alguns detalhes importantes.

O alvará dos bombeiros depende da aprovação do projeto e implementação dos sistemas de proteção. Estes sistemas incluem os extintores, placas de sinalização,iluminação de emergência, dimensionamento de escadas e saídas de emergência, materiais construtivos, hidrantes, reservatórios, tubulações, sprinklers, detectores de fumaça, brigadas de incêndio, entre outros.

Quando o profissional responsável pelo projeto desconhece as normas (Mais de 41 Normas Técnicas no total e a lei estadual 15.806 de Goiás) e não tem a experiência necessária para projetos de incêndio, é possível que ocorra alguns dos seguintes problemas:

- Demora na aprovação de projeto e liberação do CERCON, podendo resultar até em embargo da empresa ou da obra.

- Desconhecimento de saídas alternativas para problemas de projeto/execução que podem atrapalhar o processo produtivo ou funcionamento da empresa por alguns dias ou até períodos longos

- Hiperdimensionamento dos sistemas de proteção, trazendo altos custos totalmente desnecessários na hora de executar as medidas de proteção na sua edificação.

O hiperdimensionamento é sem dúvida um dos problemas mais recorrentes e que trazem os maiores prejuízos aos donos. Por desconhecimento de normas, projetistas podem exagerar em extintores, dimensionar reservatórios e bombas com volume e potência além do necessário, encarecer a execução com materiais em excesso, peças e tubos em tamanhos errados, etc. Além do excesso, o fato de desconhecer as alternativas e brechas em normas pode ocorrer na perda de oportunidade de trazer uma solução com a mesma segurança porém mais fácil de ser implementada ou menos onerosa.

Aqui no escritório recebemos mensalmente muitos projetos (alguns inclusive já aprovados) para serem redimensionados visando economia aos donos de empresas e redução de complicações na hora de executar. Ao longo de treze anos já conseguimos reduzir algumas centenas de milhares de reais em custos para os nossos clientes.

Tenha em mente que um projeto bem otimizado poderá reduzir muito seus problemas na execução e te trazer grandes economias, seguindo toda a segurança que as normas exigem.

 

Quanto você irá gastar?

Excluindo-se as taxas, que como já citamos são proporcionais a metragem construída, TUDO dependerá do seu projeto! O mínimo que uma edificação precisará serão extintores, sinalização, iluminação e adequação das saídas de emergência e escadas/rampas (se houver).

A medida que a área construída se torna grande (na maioria dos casos, se superior a 1.500 m²) as medidas de segurança vão se tornando mais complexas e onerosas. Começando pelo sistema fixo de hidrantes, incluindo compartimentações, detecção de incêndio, sprinklers, sistema de espuma e evoluindo até o controle de fumaça (Locais bem amplos).

Logo os custos serão respectivos as taxas, ao projeto, aos materiais e a sua execução, podendo sair mais ou menos caros de acordo com a capacidade do projetista.

Quanto você irá gastar?

Excluindo-se as taxas, que como já citamos são proporcionais a metragem construída, TUDO dependerá do seu projeto! O mínimo que uma edificação precisará serão extintores, sinalização, iluminação e adequação das saídas de emergência e escadas/rampas (se houver).

A medida que a área construída se torna grande (na maioria dos casos, se superior a 1.500 m²) as medidas de segurança vão se tornando mais complexas e onerosas. Começando pelo sistema fixo de hidrantes, incluindo compartimentações, detecção de incêndio, sprinklers, sistema de espuma e evoluindo até o controle de fumaça (Locais bem amplos).

Logo os custos serão respectivos as taxas, ao projeto, aos materiais e a sua execução, podendo sair mais ou menos caros de acordo com a capacidade do projetista.

Clientes

Receba uma consultoria gratuita para a regularização da sua empresa nos Bombeiros

botão_zap_azul_novobotao_zap_vermelho_novo
Onde estamos

Rua 137, 556 - 1 andar
Setor Marista, Goiânia - GO

Receba uma consultoria gratuita para a regularização da sua empresa nos Bombeiros

botão_zap_azul_novobotao_zap_vermelho_novo
Onde estamos

Rua 137, 556 - 1 andar
Setor Marista, Goiânia - GO
Consultoria Gratuita
× Consultoria Gratuita